Fechar um negócio nem sempre é um bom negócio.

postado em: empreendedorismo | 0

     O brasileiro, culturalmente adora uma barganha, buscar adquirir produtos e serviços da mais alta qualidade sem gastar no mínimo um valor justo é o que todo cidadão propõe naquele momento em que o mesmo tenta fechar a compra de determinado produto ou contratação de serviços e, como é sabido por todos no mercado onde “tudo tem o seu preço”, vale a partir desta indagação onde, no momento em que os lados vendedor e cliente tentam chegar a um acordo viável para ambas as propostas, existe aquela situação de que vai valer mesmo a pena?

O vendedor precisa analisar se o valor ofertado pelo cliente que pede sempre descontos, que acha caro, isso é automático, já é da cultura dos brasileiros, deve estar atento no momento de fechar o negócio. Para que o vendedor não acabe no prejuízo, a dica seria que o mesmo tenha uma tabela de preços onde nessa tabela terá o custo, a margem mínima e máxima para a venda daquele determinado produto, se o cliente pedir descontos, este abate no valor pode ser verificado dependendo da forma de pagamento, no caso sendo à vista poderia ter uma porcentagem em descontos no ato da compra, se for a prazo, deve manter o valor cheio, pois compras a prazo tem taxas como cartão de crédito, cheques e promissórias, onde o tempo e as taxas bancárias podem refletir na margem de lucro do vendedor, pense nisso.

Quanto aos prestadores de serviços, neste site atuamos na segurança eletrônica, TV e informática, claro que esta dica vale para qualquer área de serviços, busque sempre fazer um orçamento local, fazendo um levantamento de materiais necessários e apresente em tabela para o cliente, se possível, mais de um orçamento, exemplo: para passar cabos de câmeras de segurança, esses cabos serão fixados na parede com fixa fios (mais barato e esteticamente o mais feio dos cabeamentos), por dentro de eletrodutos ou canaletas (seria outro orçamento onde nesse caso seria melhor do que fixa fios) ou que particularmente acho o mais elegante, seguro e profissional, instalação de conduítes nas paredes (maior custo, pois precisa do envolvimento de construtores para a implantação das conduções dentro das paredes), neste caso teríamos três valores para implantação e aquisição de materiais, quanto mais sofisticado, maior o valor, todavia, o que manda é a necessidade e disponibilidade (dinheiro).

Dica para o cliente: busque sempre qualidade e garantia, principalmente quando o assunto é segurança, pois equipamentos de má qualidade tende a não durar muito e não funcionar na hora em que a pessoa mais precisa. Procure por pessoas qualificadas para te indicar melhores produtos e serviços, sempre busque por qualidade, preço é interessante observar, então procure sempre nivelar entre o valor e a qualidade, pessoas desqualificadas que cobra valores baratos tem alto potencial para enganar você cliente e acabar saindo no prejuízo, como diz o velho ditado “o barato sai caro”.

Dica para o vendedor ou prestador de serviços: somente faça uma venda com o cliente se o valor ofertado compensar, assim como está no título desta matéria “fechar um negócio nem sempre é um bom negócio”, converse com o cliente, sempre passe o valor final do produto ou serviço antes de entregar para o cliente e somente execute o serviço ou venda caso seja autorizado pelo mesmo. Tente pedir para que o cliente, caso não tenha o valor total para o mesmo se organizar, para mais na frente tendo o valor total fechar a compra somente quando o valor estiver viável para o vendedor ou prestador de serviços, caso o cliente insista e não queira, o indicado é não fechar com a venda, geralmente são clientes que não valoriza o produto ou serviço e, nesse caso, não é interessante perder tempo com essas pessoas, simplesmente não feche o negócio e busque outros clientes, sempre haverá alguém disposto a pagar pelo o que você tem e lembre-se, quando uma porta se fecha outras se abrem. Tempos difíceis nunca duram, pessoas fortes, sim.

Douglas Alves – Serviços em T.I

alphasolucoestecnologicas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − onze =