Qual automatizador é ideal para o meu portão?

postado em: Segurança Perimetral | 0

Ao decidir comprar um automatizar para portão, a primeira pergunta que as pessoas fazem é: qual o melhor motor para portão?

Um bom portão eletrônico faz toda a diferença quando o assunto é praticidade e segurança. Existem diversos modelos, marcas, tecnologias e acessórios para maior eficiência e autonomia.

Não é fácil acertar a escolha, mas primeiro você precisa entender o que espera do produto e observar algumas características físicas.

Existem três tipos mais comuns de abertura de portões:

1- Deslizantes: portão de correr, com abertura lateral. É a opção mais utilizada em residências e empresas, por ser mais barata e deslizar sobre um trilho da esquerda para direita, ou vice-versa.

2- Basculantes: abrem para cima. Ideal para lugares onde não há muito espaço para a instalação de um portão deslizante.

3- Pivotantes: são portões com uma ou duas folhas, cuja abertura se assemelha a de uma porta convencional com movimento que abre para dentro ou para fora. Não é muito comum a sua instalação já que demanda mais manutenção e reparo.

Primeiramente, devemos verificar qual será a aplicação do automatizador. Ele será instalado em uma residência, em uma empresa ou em um condomínio, por exemplo?

Ao contrário do que muita gente pensa, a potência do automatizador não é a única característica importante, mas sim todo o seu projeto.

Itens como rolamentos, engrenagens e materiais usados na fabricação são fundamentais para uma longa vida útil do equipamento.

Como definir qual o melhor motor para portão?

Após definir a aplicação, é preciso fazer três questionamentos:

1. Qual será o pico de acionamentos dentro de uma hora durante o dia, ou seja, no horário com mais entradas e saídas do dia, quantas vezes o automatizador será acionado?

2. Qual o tamanho do portão em metros e quantos quilos ele tem?

3. Em quanto tempo você deseja que o portão abra?

Com as respostas em mãos, será possível identificar o melhor motor de portão para você.

Saiba escolher a potência!

Na hora de escolher a potência (HP) do seu produto, é importante que o automatizador seja compatível com o portão e a frequência de uso.

O motor precisa de potência de acordo com o peso do portão. Também é necessário que a máquina seja compatível com o número de abertura e fechamento por hora. Caso contrário, pode gerar desgaste, e diminuir sua vida útil, além de apresentar um baixo rendimento.

A potência é medida em HP, ou seja, em cavalosAs potências mais comuns para uso residencial e semi-industriais são: 1/2 HP, 1/3 HP e 1/4 HP.

A medida da potência é inversamente proporcional ao peso do portão. Cada uma é indicada para uma faixa de peso que pode variar de marca para marca. O tempo de abertura dos portões e o ciclo de abertura e fechamento também depende de cada marca.

Para quem precisa contar com a abertura ou fechamento mais ágil, existem modelos de automatizadores que são 3x mais velozes que os convencionais, esses são encontrados no mercado na linha turbo, são motores que possui além de força também possui velocidade entre os acionamentos, chegando a abrir ou fechar totalmente em até 5 segundos, diferente dos comuns que chega em 10 a 15 segundos, para a criminalidade é muito para agir, velocidade é um grande diferencial nesse quesito.

No entanto, não adianta avaliar tudo com cuidado e escolher o motor certo se o portão não estiver em perfeito estado de funcionamento e possa ser aberto manualmente sem esforço físico.

Após a instalação do seu automatizador, faça a manutenção para evitar o surgimento de problemas. Dificuldades com a configuração ou ajustes simples não são cobertos pela garantia, apenas defeitos de fábrica.

Fonte: Garen

Douglas Alves – Serviços em T.I

alphasolucoestecnologicas.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois + 13 =