Cliente fique atento!

postado em: empreendedorismo | 0

Estamos vivendo a era da informação, temos dispositivos que nos mostra tudo o que acontece na palma da mão, a velocidade da informação e da comunicação nunca foi tão rápida da forma como ocorrem nos dias atuais, a tecnologia proporciona conforto, agilidade em processos, soluções de problemas cotidianos… Em fim, somos a era tecnológica, estamos habituados e não é só uma questão de condição e sim, necessidades.

Neste post, não iremos falar sobre sociedade, comportamentos e sim, sobre algo que você caro leitor precisa saber para que a sua vida siga sem problemas, sem prejuízos em virtude de produtos e pessoas onde, se mal selecionados podem causar danos até mesmo irreparáveis para você, usuário da tecnologia, seja esta qual for.

Segundo a Wikipédia, a Tecnologia da Informação (TI) é um conjunto de todas as atividades e soluções providas por recursos de computação que visam à produção, o armazenamento, a transmissão, o acesso, a segurança e o uso das informações. Na verdade, as aplicações para TI são tantas — e estão ligadas a tantas áreas — que há diversas definições para a expressão e nenhuma delas consegue determiná-la por completo. É a área da informática que trata a informação, a organização e a classificação de forma a permitir a tomada de decisão em prol de algum objetivo.

Mais precisamente no que tem como objetivo informar nesta matéria seria trazer para você, caro leitor, um pouco da nossa experiência que, nós da alpha soluções tecnológicas decidiu compartilhar ao que os serviços em TI tem de melhor para oferecer no quesito qualidade e segurança, para assim garantirmos a melhor experiência possível em nossos produtos onde, de fato seria uma questão de profissionalismo, porém nem todos prestadores de serviços tem esse cuidado e, são esses cuidados dos quais iremos passar para que você, leitor, usuário do serviço, cliente e curioso fiquem atentos para não sair perdendo em sua empreitada.

Cerca elétrica

A primeira dica seria aterramento de cerca elétrica, pessoal, o que tem de centrais de choque aterrada no mesmo aterramento nos circuitos elétricos dos imóveis por ai, não é brincadeira. O perigo dessa instalação está no funcionamento da cerca elétrica, este equipamento concentra, envia e recebe pulsos elétricos de alta tensão em todo o curso do arame, causado aquele leve estalo que dar para escutar na central de choque, esse valor varia de 10.000 a 20.000 volts pulsativos na rede, até ai tudo bem, o problema ocorre que, para a central concentrar e enviar os pulsos, a mesma precisa de um aterramento, pois a central precisa de um local para dispersar o choque gerado pelo transformador.

Certo, tudo bem, mas, onde está o perigo? Ah sim, o perigo está no momento em que a central de choque, quando aterrado no mesmo circuito da casa, aquela carga que a central vai dispersar, vai parar na geladeira, na TV, no ar condicionado, no chuveiro elétrico… Sabe quando as luzes de sua casa pisca levemente em sincronia com a cerca elétrica e, quando desarma, as luzes param de piscar? É um forte indicativo que a sobrecarga está passando para a rede elétrica da casa, o que pode causar queima em equipamentos eletrônicos esses citados acima.

Mas qual a solução? A solução é simples, basta criar um aterramento exclusivo para central de choque e distante do aterramento da casa, no mínimo uns cinco metros já seria seguro e verificar se o local da barra de aterramento possui umidade, sem dureza com pedras ou cascalho que são materiais isolantes.

Aterramento

Outra dica com o uso de aterramento vale para outros equipamentos eletrônicos: computador, DVR, TV, estabilizador, Nobreak, assim como também um circuito elétrico devidamente dimensionado com fiação de qualidade e com disjuntores divididos para cada finalidade, propõe proteção contra descargas atmosféricas e dispersa a alguma fuga de corrente que estiver no equipamento. Tudo isso aumenta a vida útil do equipamento, vale a dica.

Cabeamento para TV e CFTV

Outro ponto importante que deve ser levado em conta durante uma instalação seria a exposição do cabeamento, para cada cenário existe material específico, nesse caso, por exemplo, um cabo de CFTV bipolar como na imagem acima, não é indicado deixa-lo exposto ao sol, pois o material vai ressecar e causar perdas na qualidade da imagem, até mesmo desligando-a por completo, o certo seria um cabo blindado, como na imagem abaixo ou, se for necessário o cabo de CFTV, este da cor branca, coloca-lo numa proteção, seja conduítes, eletrodutos, espaguetes escorrugado, abrigando do sol, proporcionando maior vida útil deste item. Para TV é o mesmo caso, até que cabo coaxial padrão RG-59, muito utilizado por operadoras de TV por assinatura, possui alta resistência e durabilidade, mas, se for possível proteger, indicamos que faça isso para que a sua instalação dure mais tempo.

Cabo blindado seria uma ótima opção se o local não tiver condições de passar o cabo abrigado do sol

Pessoal, essas foram algumas dicas dos quais achamos preciosíssimas para que você, usuário do serviço, tenha qualidade e durabilidade em seu sistema de informática, TV e segurança.

Tem dúvidas? Vai construir ou reformar e precisa de orientação técnica? Converse conosco, CLIQUE AQUI e envie suas dúvidas, estamos a disposição para te ajudar. Converse conosco também pelo whatsapp, clique no ícone do whatsapp no lado inferior direito da tela, estamos sempre por aqui.

Douglas Alves – Alpha soluções tecnológicas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte + 16 =